Infraestrutura

Habitação

O cooperativismo habitacional ou de construção civil é uma ferramenta de extrema importância para ajudar a reduzir o déficit habitacional do país, que hoje gira em torno dos 7,7 milhões de moradias, segundo dados de 2017 da Associação Brasileira de Incorporadoras Imobiliárias (Abrainc) e Fundação Getúlio Vargas (FGV).

O modelo proporciona aos seus cooperados a construção ou a aquisição de unidades habitacionais a preço de custo, com inconteste ganho econômico, além de promover a integração social. Vale destacar que os projetos realizados por cooperativas apresentam baixa inadimplência e permanência do associado na unidade habitacional adquirida.

Assim, o cooperativismo é um aliado natural dos governos no combate à escassez de moradia para as famílias de baixa e média renda. Todavia, para o sucesso dessa aliança, o cooperativismo habitacional precisa contar com o apoio do governo nos três níveis federativos, em especial no Governo Federal, por meio do estímulo e fortalecimento de políticas públicas. Para que o setor possa colaborar de forma efetiva com a política habitacional, faz-se necessário superar algumas dificuldades hoje enfrentadas, tais como: dificuldade de a acesso a crédito e a baixa capacidade de oferecimento de garantias.

Sistema OCB © Todos os direitos reservados.
Menu
Atualizações