Menu Home

Fortalecimento da agricultura familiar

Busca

Aquisição de alimentos da agricultura familiar

Atualizado em 25.04.2022

Descrição

O governo federal, objetivando alavancar os produtores rurais da agricultura familiar, criou um arcabouço de políticas públicas que incentivam as compras públicas de produtos cultivados por esses grupos. É possível citar o Programa Alimenta Brasil (PAB) e o Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE) como exemplos bem-sucedidos.

Tais programas estão estreitamente ligados à política de escoamento da produção e segurança alimentar e nutricional brasileira, pois, além de abastecerem a rede pública de ensino, os produtos da agricultura familiar adquiridos pelo governo são distribuídos a projetos de cunho social e de desenvolvimento econômico, podendo ainda ser destinados à formação de estoques públicos, repassados a bancos de alimentos, doados a instituições assistenciais, distribuídos em cestas de alimentos a grupos em situação de risco alimentar ou até mesmo vendidos a pequenos criadores e pequenas agroindústrias.

Trata-se, portanto, de uma virtuosa via de mão dupla: enquanto os produtores rurais ganham acesso a importantes mercados, o poder público fortalece o combate à fome e à pobreza.

Nesse sentido, trabalhamos constantemente pela manutenção e fortalecimento dos programas e ações voltadas ao desenvolvimento da agricultura familiar no país, por meio de políticas públicas de apoio ao setor, especialmente por meio do cooperativismo.

 

Atores-chave

Ministério da Economia; Banco Central do Brasil; Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento e Ministério da Educação. 

Receba nossas atualizações

Cadastre-se para receber as atualizações de nossos projetos, propostas e informativos!

INSCREVA-SE

Acompanhe nosso trabalho

Utilizamos cookies para avaliar as interações estabelecidas com nosso site, melhorar o seu desempenho e fornecer funcionalidades de redes sociais. Ao utilizar o nosso site você concorda com estes cookies. Saiba mais sobre a nossa Política de Privacidade clicando AQUI!

Você ainda pode desabilitar manualmente o uso dos cookies não essenciais, saiba como clicando AQUI.